minimalismo, Produtividade

5 passos para um DETOX DIGITAL

Algumas semanas atrás, comecei a perceber um cansaço mental e físico, meus olhos estavam ardendo muito, não estava conseguindo me concentrar, meu ritmo de produtividade parecia estar diminuindo e eu estava sentindo um desânimo muito grande de estar presente no mundo digital, especialmente nas mídias sociais e olha que eu sou assumidamente uma nerd, apaixonada por tecnologia, sempre com o pensamento no futuro, especialmente pelas novidades tecnológicas.

capas.png

Por ter esse perfil, comecei a utilizar as redes sociais quando ainda nem eram muito conhecidas, cadastrei meu e-mail em diversos sites para poder estar sempre informada em assuntos diversos como moda (nacional e internacional), economia, empreendedorismo, marketing digital, design, sustentabilidade, até mesmo nutrição e claro, minimalismo. 

Sininhos ativados do YouTube para ver os vídeos logo que postados, sem contar o Google Alerts para me manter atualizada de todos os assuntos citados. Não era à toa que minha caixa de e-mails contava com mais de 500 e-mails não lidos. As notificações no celular não paravam e eu já estava enlouquecendo por me sentir na obrigação de estar sempre conectada.

Foi então que, cansada dessa overdose de consumo de informação (ou desinformação) eu decidi fazer um detox digital.

Processed with VSCO with c4 preset
Trabalhando em Cancun – MX como nômade digital

 

Bom, preciso dizer que o fato de trabalhar no mundo digital me obriga a estar conectada por muitas horas. Por isso este texto não é um detox digital radical, daqueles que você exclui todas as redes sociais e deleta todos os aplicativos. Aqui quero falar como utilizá-los com moderação.

Percebi que não adianta culparmos a internet pelos sentimentos de ansiedade, depressão, inveja, frustração, entre outros, que temos experienciado por causa do seu uso. É fato que desde que começamos a passar horas conectados essas doenças aumentaram de forma alarmante, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) 11,5 milhões de brasileiros sofrem de depressão, um número muito maior do que a média mundial. Porém se você pensar que uma faca afiada pode ser usada para fazer um prato muito saboroso, como também pode ser usada para tirar a vida de alguém, obviamente a culpa não é do objeto em si. A faca é apenas uma ferramenta, assim como a internet. É preciso ir mais afundo e descobrir a causa do descontrole para então aprender a utilizá-la com foco, disciplina e autocontrole.

É preciso ir mais afundo e descobrir a causa do descontrole para então aprender a utilizá-la com foco, disciplina e autocontrole.

 

Então por onde começar?

1. Desative TODAS as notificações

Se você não fizer isso, vai continuar checando o celular a todo momento e uma olhadinha, leva a outra e outra e quando perceber lá se foram horas do dia. Pode parecer que não, mas depois que eu baixei um aplicativo chamado Moment que serve para ajudar a controlar o tempo que você passa checando seu smartphone, só me confirmou o que eu já desconfiava. As olhadas “rapidinhas” somavam horas e horas do meu dia. Assustador!

Para quem usa smartphone da Apple, o IOs 12 conta com essa ferramenta. Além disso você consegue limitar o uso de Apps. Achei essa nova funcionalidade muito útil. Se algum outro smartphone fizer isso também, compartilha a informação nos comentários.

 

2. Organize sua caixa de e-mails

Estou num processo de diminuir 90% dos e-mails que recebo na minha caixa particular e para isso eu tenho utilizado o unroll.me que me ajuda a me descadastrar de diversos sites rapidinho. Além disso, fiz algumas pastas onde separo os assuntos que preciso ler com calma, e-books, contratos, cursos, com isso a finalidade é que a caixa de entrada fique limpa, meu sonho!

 

3. Deixar de seguir 

Tem muito conteúdo nas redes sociais que eu não tenho mais vontade nem paciência para ver, estão apenas sendo números e tirando meu foco de conteúdos que realmente importam. Por isso, tenho deixado de seguir o que não acrescenta na minha vida, principalmente artistas, celebridades que estão sempre vendendo uma vida cheia de coisas e muitas vezes sem conteúdo significativo para mim. Vidas que muitas vezes não possuem semelhança alguma com a nossa, mas ao invés de servirem de boas inspirações, servem apenas para que nos comparemos e nos sintamos frustrados pelo fato de que não estamos sempre viajando, malhando, comprando, ganhando, etc.

 

4. Frequência das postagens

Também diminuí a quantidade de conteúdo que eu gerava. Muitas vezes eu me sentia pressionada a postar pelo menos três vezes por semana, já que os algoritmos dessas redes são programados a priorizar quem está sempre presente e gerando engajamento. Faz um bom tempo que eu não utilizo o Facebook, mantendo meu perfil pessoal apenas por causa de alguns contatos.

Eu sempre gostei muito do Instagram, via como um espaço para compartilhar fotos artísticas, mas já faz um tempo que ele mudou, especialmente quando algumas pessoas descobriram como comprar likes e seguidores e isso trazia visibilidade, fama, gerando muitos negócios e tudo passou a girar em torno de números (nem todos fazem isso). Por isso passei a postar quando sinto necessidade de expressar algo que considero relevante, com mais propósito. Mesmo que meus números tenham parado de crescer, me sinto muito bem vivendo minha vida mais no off-line do que no on-line.

 

5. Planejamento

Por último, algo que aderi no meu dia a dia foi o Planner.  Existem diversos Apps para te ajudar como Wunderlist, Evernote e OptimizeMe. Mas se você prefere algo impresso, vou disponibilizar um planner gratuito para baixar aqui em A4 e A5. Nunca gostei muito de rotina, mas organizar o meu dia tem deixado-o muito mais produtivo e com isso eu limito certos horários para as redes sociais, quando checar e-mails ou responder o WhatsApp, inclusive, algo que eu não gosto de participar são os grupos no Whats. Para ser honesta, faço parte de dois grupos de três pessoas cada, grupos que mandam mensagem uma vez ao ano (rs). Já fiz parte de alguns grupos, tentei silenciar, ignorar, mas só melhorou mesmo quando saí.

 

E pra você, como está sua relação com o mundo digital? Também está precisando de um Detox Digital? Compartilhe sua experiência.

Até a próxima!

Kati

Encontrou algum erro? Quer sugerir um assunto? Escreva para opoderdominimalismo@gmail.com  – Sua opinião é sempre bem-vinda.

 

Planner gratuito minimalista diário A5
Planner gratuito minimalista

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.